Queima teu celular!

“Queima teu celular” é uma reflexão sobre como vivemos. Cada vez nos é mais comum a cena distópica em que todos ao nosso redor estão olhando para os celulares: jogando, checando o Facebook, trocando mensagens, aproveitando a promoção do momento para falar em excesso sobre nada. O folheto que traduzimos para distribuir no Brasil é um grito de negação a essa realidade. Ele parte do pressuposto de que é possível viver de outra forma e pretende iniciar o caminhar nessa direção.

Para os que acreditam não ter nada a esconder, os questionamos sobre que mundo é esse em que um Estado repressor e grandes companhias têm acesso à localização e comunicação de todos os indivíduos. Esse cenário assustador é uma realidade que vem sendo construída também pelos que se isentam do processo de resistência a ela. “Queima teu celular” vai além disso e alerta para os malefícios nas nossas relações que são agora mediatizadas e dominadas por um aparelho que nos interpela sem que consigamos simplesmente dizer “não vou atender essa porra!”. Nos relembra também dos problemas de saúde e ecológicos que estão surgindo nesse mundo tecnológico. Isso tudo para que possamos dizer não, para que possamos novamente jantar nos olhando nos olhos.

Para aqueles que resistem ao capitalismo, o sentimento de que o celular não é apenas um aparelho de comunicação tem se disseminado. Depois de que foram descobertas escutas em celulares qualquer ação que é assim programada corre o risco de ser anulada antes mesmo de ocorrer. Pior do que isso, cresce o sentimento de que “eles” podem saber de tudo. Para além da paranoia, esse folheto propõe que pensemos sobre esse estado de vigilância massiva e nos preparemos contra ele. Já passou a hora de conversarmos seriamente sobre segurança: o Brasil não tem uma estrutura de controle igual a europeia, mas já sabemos que essas técnicas são trocadas pelos governos. As soluções encontradas no folheto não são definitivas, pois o avanço técnico da repressão é difícil de ser acompanhado: ser segredo faz parte da sua eficiência. Mas a segurança parece estar ao nosso alcance com mudanças simples no nosso lidar com esses aparelhos.

A versão brasileira pode ser baixada gratuitamente em nosso site, pois incentivamos a apropriação livre como uma forma de combater a ditadura das mercadorias. Copie, cole, transforme e nem se der ao trabalho de nos dar nenhum crédito. Caso você queira contribuir com a editora para que consigamos continuar as produções, é possível encomendá-lo pelos correios.

Versão virtual

Em breve disponível para pedido pelos correios.

Advertisements

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s